Pular para o conteúdo principal

Postagens

Mostrando postagens de Maio, 2017

Que o seu legado seja tão grande quanto o seu coração...

No começo do ano um amigo me escreveu estas palavras: "que o seu legado seja tão grande quanto o seu coração...", e por sinal são as responsáveis por me questionar sobre o que ando fazendo com a minha vida. Sempre fui o tipo de pessoa que não se conforma com as coisas, e que tem certeza de que não veio a este mundo apenas para trabalhar, gastar dinheiro e morrer, mas, para muda-lo de todas as formas possíveis, aproveitado cada oportunidade que a vida der. Apesar disso, a gente perde o foco em alguns momentos e nos ocupamos tanto com o nosso "universo particular" chegando a esquecer que a vida é um sopro. E quando a gente menos espera, um homem que saíra de casa para ganhar seu sustento, não mais retorna. A história, apesar do imenso desejo de que não seja verdadeira, ganha um ponto final. As palavras perdem valor e espaço para as lágrimas: Não há consolo, não há beleza, nem eloquência... Há um céu nublado combinando com a tristeza do dia. Uma mulher perdeu seu mar…

Ele não era o problema...

Neste último final de semana foi aniversário do meu pai e por isso preciso confessar que estes períodos me deixam emotiva (mais do que o normal), pois, me fazem refletir sobre o quanto aquela pessoa - o aniversariante -  é importante para mim, e a pensar de uma forma geral em tudo que vivemos juntos, tanto no que é bom quanto no que não é tão bom assim. E dessa vez não poderia ser diferente: Meu pai é uma das pessoas que mais amo e admiro nesse mundo, por quem ele é, por tudo que conquistou, por sua insistência, e principalmente, pela sua humildade em reconhecer suas falhas e buscar constantemente mudar.
Isso não é de hoje, sempre (como a maioria das meninas) tive meu pai como o primeiro homem da minha vida e me sentia a pessoa mais incrível do mundo quando estava com ele, mas, ao mesmo tempo era muito insegura e acreditava ser responsável por tudo de ruim que acontecia na vida dele (êeeee, complexo de inferioridade!), isso porque, meu nascimento não foi planejado, nem mesmo desejado…

Sobre o "para sempre"...

Existem algumas coisas com as quais não sei lidar muito bem, tais como, mudanças. Para ser mais exata: ponto finais. Não parecem a mesma coisa, mas, os dois querem, necessariamente, encerrar um ciclo, uma história. E não sou nem um pouco boa com isso! Gosto mesmo é de reticências, das vírgulas e quem sabe até das interrogações...
Qualquer coisa que me faça acreditar que haverá continuidade. Mas, a vida, infelizmente, não é assim! É como a memória de celular: precisamos apagar alguns arquivos para liberar espaço para os novos, mesmo que não estejamos tão confortável com isso. Tentamos acreditar em "para sempre", e desejamos intensamente que realmente seja eterno, mesmo sabendo que cedo ou tarde ele acaba, então, que pelo menos seja o mais tarde possível! E só para contrariar às vezes é cedo demais, tão cedo que sequer temos a chance de nos despedir.
Então, entre pedidos de desculpas a si mesmo e sorrisos pelas pequenas lembranças, agradece a Deus por ser o tipo de pessoa in…

Eu sou um textão...

Pode até que não seja bem redigido ou não contenha uma história fantástica, mas eu sou um textão... Sim, daqueles não recomendado para se postar nas redes sociais: extenso e meloso... Ah, dramático também! Cá entre nós, não é todo mundo que gosta de ler, aliás, textão é chato, principalmente para quem tem preguiça e insegurança com suas próprias opiniões.
Sabe, essa gente que acha que é dona do mundo e não está disposta a conhecer ou respeitar o que é diferente e por vezes, um pouco complexo. Mas, é isso que sou! Tudo bem não ser tão adequada assim, não é para todo mundo mesmo, nem para muitos, apenas para os poucos que aguentam minha intensidade. Aqueles que não dispensam uma "boa" leitura, apesar dos pesares.  Em cada palavra seu significado, em cada significado milhares de sentimentos. Tudo isso dito em um único olhar.
Reconheço, que é difícil: exagerado e até entediante. Nem sempre tão coeso e coerente quanto gostaria, mesmo assim... Muitos até tentam, percorrem os pr…